Medicina Especialidade Psiquiatria

No que diz respeito à eletroconvulsoterapia (ECT), é INCORRETO afirmar:

  • A.

    Os antidepressivos tricíclicos aumentam a chance de complicações pós-ECT: aumentam o risco de complicações cardiovasculares em pacientes com doença cardíaca prévia.

  • B.

    São consideradas indicações para o uso da ECT: depressão grave com sintomas psicóticos; mania psicótica; catatonia; psicose resistente à farmacoterapia; síndrome neuroléptica maligna.

  • C.

    A taxa de mortalidade da ECT é de 0,002% por sessão e de 0,01% por paciente. Os efeitos adversos mais freqüentes são cardiovasculares e do sistema nervoso central. Cerca de 75% dos óbitos que ocorrem imediatamente após a ECT são de causa cardiovascular.

  • D.

    São fatores que aumentam o limiar convulsivo e/ou diminuem a duração da convulsão: sexo masculino; triptofano; ECT unilateral d'Elia; hipoventilação; reserpina.

  • E.

    Segundo a Associação Psiquiátrica Americana, a ECT é um tratamento de primeira escolha quando: há necessidade de uma melhora rápida e consistente; os riscos de outros tratamentos são maiores do que os riscos da ECT; existe história de resposta pobre a drogas e/ou boa resposta à ECT; o paciente prefere esse tipo de tratamento.