Medicina Especialidade Psiquiatria

Criança do sexo feminino começou a apresentar, com 1 ano de idade, deterioração nas habilidades de comunicação, no comportamento motor e no funcionamento social, acompanhada de sintomas do tipo autista como ataxia, caretas, ranger dos dentes. Hiperventilação intermitente e um padrão respiratório desorganizado foram observados na avaliação clínica. Alterações progressivas na marcha, escoliose e convulsões passaram a ocorrer, além de espasticidade grave, que se tornou presente na metade da infância. A hipótese diagnóstica para o caso é:

  • A.

    Transtorno de Asperger.

  • B.

    Transtorno de Rett.

  • C.

    Síndrome do X Frágil.

  • D.

    Doença de Wilson.

  • E.

    Transtorno Desintegrativo da Infância.