Medicina Especialidade Psiquiatria

Com relação aos conceitos da psicopatologia, é INCORRETO afirmar:

  • A.

    Alucinação é a percepção real de um objeto inexistente, ou seja, são percepções sem um estímulo externo. Sendo a percepção da alucinação de origem interna, esta se associa à presença de variáveis que acompanham os estímulos ambientais (iluminação, sombra, acuidade sensorial etc). As alucinações se constituem de alterações das funções juízo e crítica.

  • B.

    Os delírios primários constituem um juízo patologicamente falso da realidade. Este juízo falso deve apresentar três características: deve apresentar-se como uma convicção subjetivamente irremovível e uma crença absolutamente inabalável; deve ser impenetrável e incompreensível para o indivíduo normal, bem como, impossível de sujeitar-se às influências de correções quaisquer, seja através da experiência ou da argumentação lógica e impossibilidade de conteúdo plausível.

  • C.

    Memória é a capacidade de fixar, conservar em latência e reproduzir, evocar ou representar, sob a forma de imagens mnêmicas as impressões sensoriais recebidas, transmitidas e conscientizadas, sob a forma de sensações. Por imagem mnêmica entenda-se a revivescência, na memória de uma imagem sensorial, sem que esteja presente o objeto que a produziu. Ela é imprecisa, incorpórea, instável, introjetada, influenciável voluntariamente.

  • D.

    Consciência é a capacidade neurológica de captar o ambiente e de se orientar de forma adequada, é estar lúcido. A consciência pode ser considerada do ponto de vista psiquiátrico como um processo de coordenação e de síntese da atividade psíquica. É uma das funções psíquicas com a qual estabelecemos contato com a realidade, através da qual tomamos conhecimento direto e imediato dos fenômenos que nos cercam.

  • E.

    Atenção é o processo mediante o qual concentramos a nossa atividade psíquica sobre o estímulo que a solicita, seja este uma sensação, percepção, representação, afeto ou desejo, a fim de fixar, definir e selecionar as percepções, as representações, os conceitos e elaborar o pensamento. Distinguem-se duas formas de atenção: a espontânea e a voluntária.