Medicina Especialidade Psiquiatria

O transtorno depressivo unipolar apresenta diferentes características clínicas em seu diagnóstico, curso clínico e tratamento. Tendo isso em vista, é correto afirmar que

  • A.

    a intensidade dos sintomas clínicos determinará a gravidade do quadro, sendo mais severo em casos que predominem os sintomas psicóticos, ideação ou tentativa de suicídio e a refratariedade aos tratamentos anteriores.

  • B.

    o tratamento clínico de primeira escolha é a psicanálise tradicional, mesmo em casos mais graves, sendo, nesses casos, necessário estabelecer o número máximo de sessões semanais.

  • C.

    não se faz necessária a exclusão de condições médicas gerais ou se descarta o uso de substâncias psicoativas, pois nenhuma dessas condições cursará com sintomas de depressão.

  • D.

    são necessários pelo menos três sintomas pelo período de duas semanas para que se confirme seu diagnóstico, podendo ser humor deprimido, perda de interesse ou prazer, perda ou ganho de peso, insônia ou hipersonia, fadiga, sentimento de culpa ou inutilidade, diminuição da capacidade de concentração e pensamento recorrente de morte.

  • E.

    o tratamento exclusivo é o psicofarmacológico, uma vez que se trata de uma patologia com clara determinação orgânica, não havendo relação direta ou indireta com condições psicológicas ou alterações cognitivas.