Medicina Especialidade Psiquiatria

Tratando-se de transferência e contratransferência NÃO é CORRETO afirmar que:

  • A.

    o paciente deprimido poderá desenvolver uma relação adesiva, dependente, na expectativa que o terapeuta tenha um poder, mágico e onipotente, que o cure eficazmente;

  • B.

    a contratransferência aos pacientes borderlines podem variar desde medos hostis do que podem realizar mas, nunca envolverá preocupações eróticas que podem surgir no seu mundo de sonhos;

  • C.

    a contratransferência aos pacientes narcisistas poderá produzir respostas hostis e desdenhosas na entrevista devido ao exibicionismo e indiferença pelos sentimentos alheios;

  • D.

    os pacientes borderlines não apresentam dificuldades de manifestar intensa transferência logo na primeira entrevista devido à fome emocional em respostas aos pais, vivenciados como pouco interessados nele;

  • E.

    os pacientes histriônicos apresentam uma transferência positiva nas primeiras entrevistas e assume uma qualidade erótica quando são entrevistados por pessoas do sexo oposto.