Medicina Especialidade Psiquiatria

Um jovem de 20 anos teve uma crise súbita, de falta de ar e taquicardia intensas, sem situação prodrômica de preocupação (ou de ansiedade), associada a sintomas autonômicos, como rubor facial e parestesia. Diz que, durante a crise, teria tido muito medo, sensação de enlouquecer e despersonalização. Qual a conduta investigatória mais adequada, visando o diagnóstico do caso e seu tratamento etiológico?

  • A.

    Diagnóstico de crise de somatização; prescrever benzodiazepínico.

  • B.

    Solicitar eletroencefalograma (EEG), para investigar epilepsia com foco em lobo temporal.

  • C.

    Diagnóstico de crise de pânico com agorafobia, prescrever diazepan.

  • D.

    Diagnóstico de crise dissociativa; prescrever benzodiazepínico.

  • E.

    Diagnóstico de depressão ansiosa, prescrever paroxetina.