Medicina Especialidade Psiquiatria

Com relação às demências:

  • A.

    Apresentam prevalência de 16,4% acima de 65 anos com uma taxa de aumento de 3,0% ao ano.

  • B.

    O mini-exame do estado mental foi inicialmente um importante instrumento de rastreio clínico para as demências, hoje não é mais utilizado pela baixa sensibilidade e especificidade diagnóstica.

  • C.

    Dentre os fatores de risco, pode-se relacionar história familiar de demência, doenças neurodegenerativas como o Parkinson, depressão, tabagismo e hipotireoidismo.

  • D.

    Dentre os sintomas que tornam bastante provável o diagnóstico de Doença de Alzheimer, pode-se citar a deterioração progressiva das funções cognitivas e linguagem, início súbito com sinais neurológicos focais e distúrbios de marcha com crises epilépticas associadas.

  • E.

    O tratamento com inibidores da acetilcolinesterase impede a deposição extracelular de peptídeo β-amiloide e da proteína Tau.