Medicina Especialidade Psiquiatria

Condição caracterizada por falhas repetidas de resistir a impulsos de roubar objetos que não são adquiridos para uso pessoal ou ganho monetário. Os objetos podem ao invés de serem jogados fora, serem presenteados ou armazenados.

A hipótese diagnóstica é de

  • A.

    cleptofilia.

  • B.

    roubo patológico.

  • C.

    tricotilomania.

  • D.

    roubo recorrente.

  • E.

    transtorno depressivo com roubo.