Medicina Especialidade Psiquiatria

Perda temporária tanto do senso de identidade pessoal quanto da consciência plena do ambiente, sendo que em algumas ocasiões o indivíduo age como tomado por uma outra personalidade, espírito ou força descreve o transtorno de transe e possessão.

Para formalizar o diagnóstico é necessário que ocorra

  • A.

    de forma indesejada, secundária a uso de medicação psicoativa ou substância de abuso.

  • B.

    dentro do contexto religioso e aceito culturalmente e interfira nas atividades diárias, fazendo parte de um quadro delirante primário.

  • C.

    de forma indesejada em associação a um transtorno físico como, por exemplo, epilepsia do lobo temporal ou traumatismo craniano.

  • D.

    de forma indesejada, involuntária e se intrometa nas atividades costumeiras ocorrendo fora de situações religiosas ou aceitas culturalmente.

  • E.

    de forma que a atenção se mostre expandida, concentrando num todo ambiental, sendo o paciente capaz de apreender a situação e relatar a vivência extracorporal.